Remédios: Quem é mais atingido pela artrite reumatóide?

Posted on

Vale ressaltar que qualquer pessoa que se submete a determinados esforços mais intensos ou traumáticos, pode desenvolver um quadro inflamatório da articulação que, na fase aguda, denomina-se artrite.

É importante que o profissional e o próprio portador da artrite reumatóide preste muita atenção ao jeito e sensações dos movimentos, facilitando assim a adaptação ao programa de exercícios. Apesar de afetar duas vezes mais as mulheres do que os homens entre 50 e 70 anos, a artrite reumatoide pode manifestar-se em ambos os sexos e em qualquer idade. Curtir Carregando… comentários É comum pensar que pessoas que sofrem de artrite não podem fazer exercícios, mas não é bem assim. É por isso que você sendo paciente ou conhecendo alguém que sofre com a doença deve aprender um pouco sobre artrite. Para você ter uma ideia, existem dezenas de tipos diferentes de artrite, as mais comuns são a artrite reumatoide e a osteoartrite, conhecida também como artrose. Com os exercícios você vai ganhar mais força e resistência na área afeta, a flexibilidade também vai melhorar com os exercícios. Você não só vai sentir mais dor com tudo isso, mas também pode correr o risco de desenvolver a artrite em outros locais. Converse com seu médico para saber o que você pode fazer nesse caso e qual o exercício mais indicado para você, principalmente se tem outros problemas de saúde. Os exercícios na água não mais leves e podem ser feitos por qualquer pessoa e em qualquer idade.

(1) Poliartrite simétrica (≅ AR).(2) Artrite axial (≅ EA).(3) Oligoartrite assimétrica.(4) Artrite das IFD.(5) Artrite mutilante.

  • Osteoartrite
  • Artrite reumatóide?
  • Fibromialgia
  • Lúpus eritematoso sistêmico
  • Escleroderma?* Artrite reumatóide juvenil
  • Espondilite anquilosante
  • Gota

Se os exercícios tradicionais estão mais difíceis de concluir, você pode optar por outros como o Tai Chi.

Você pode fazer vários exercícios na piscina, a natação é um exemplo de exercício interessante, ela trabalha o fortalecimento dos muitos músculos, além disso condiciona o sistema cardiovascular. Os exercícios mais simples e de baixo impacto podem ser uma boa opção para você. Esses são só alguns exemplos de exercícios que você pode fazer mesmo tendo o problema de artrite. Quando o corpo está ativo, as articulações ficam mais flexíveis e tem suas funções motoras preservadas, mesmo com a artrite. NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;) Existem vários tipos de artrite, mas os mais comuns são a piogênica aguda e a artrite reumatoide. O médico, ao analisar o estado das inflamações nas articulações, pode diagnosticar alguns exercícios que ajudam a diminuir o avanço dos sintomas da doença”, explica Raul Santo de Oliveira. “Por causa das dores comuns na artrite reumatoide, muitos indivíduos deixam de praticar esportes, o que pode trazer malefícios à musculatura a as próprias articulações”, diz o fisiologista. É por isso que muitos médicos indicam os exercícios como coadjuvante no tratamento à base de remédios para a artrite. Esse tipo de exercício consiste em forçar os músculos sem provocar um movimento ou mudança de ângulo nas articulações mais afetadas pela artrite reumatoide.

São doenças que atingem as articulações:(a) artrite, artrose, bursite e gota.(b) osteoporose, bursite, tendinite.© bursite, febre reumática, artrite. reumatóide e gota.(d) N.D.A.

  • Osteoartrite
  • Artrite reumatóide?
  • Fibromialgia
  • Lúpus eritematoso sistêmico
  • Artrite reumatóide juvenil
  • Espondilite anquilosante
  • Gota

Tais benefícios são importantes porque pessoas com artrite reumatoide estão mais propensas a desenvolver doenças cardíacas.

Além disso, são exercícios que ajudam a retardar a perda de massa óssea causada pela artrite, diminuindo as chances de osteoporose no futuro. Para quem sofre com a artrite, esse conselho é ainda mais importante. Ainda, vale salientar que existe uma variante desta doença, a artrite reumatóide juvenil, cujas primeiras manifestações aparecem antes dos 16 anos, mas a freqüência é menor do que nos adultos. Segundo o fisioterapeuta Helder Montenegro, “as doenças mais comuns no público feminino são a lúpus, a osteoporose, a fibromialgia e a artrite reumatóide”. O Pilates aparece como excelente alternativa, atuando como importante aliado tanto na prevenção quanto no tratamento das dores reumáticas, além de promover o fortalecimento e alongamento dos músculos envolvidos. Muito confundida com a artrose, porém diferente, a artrite reumatóide é uma doença auto-imune que se caracteriza pela inflamação das articulações. Quando as crises passarem, as dores e os inchaços diminuírem, a prescrição dos exercícios de  Pilates podem progredir aos poucos, sem exageros. Mas a atividade física também pode ser poderosa na hora de amenizar esses sintomas uma vez que promove a vaso dilatação e leva mais sangue as áreas em movimento. O tratamento da artrite reumatóide deve ser acompanhado por uma equipe multidisciplinar para melhor seguir o paciente em suas necessidades.

Artrite reumatóide: veja como o Pilates pode ajudar nesse caso

  • Reduzem as dores e rigidez na articulação
  • Aumenta a flexibilidade
  • Aumenta a força muscular
  • Auxilia na redução do peso corporal
  • Condicionamento físico
  • Aumenta sensação de bem estar

Fonte: Revista Original Pilates Digital Você sabe o que é artrite reumatóide?

Como em qualquer doença articular, os exercícios físicos são muito importantes no tratamento da artrite reumatóide. Além destes exercícios, o paciente deve ter sessões de fisioterapia para ajudar a aliviar os sintomas da artrite como dor, inchaço e vermelhidão das articulações afetadas. Tomar os remédios receitados pelo reumatologista também é importante porque os exercícios não curam a artrite. Fonte: Flexus Pilates Pilates no tratamento da Artrite Reumatoide Gostou? A artrite reumatoide é uma doença inflamatória crônica e autoimune, que atinge o tecido conjuntivo de múltiplas articulações do corpo como coluna vertebral, ombros, quadril, joelhos, tornozelos, punhos e dedos. O calor no tratamento da artrite reumatóide deve ser adotado quando houver dor aguda e sinais de inflamação. Benefícios do Pilates no Tratamento da Artrite em Indivíduos Portadores Gostou? Mas para saber como o Pilates pode ser aplicado no tratamento da artrite, vamos entender primeiro a doença. A cura definitiva da artrite ainda não foi descoberta, mas existem diversas formas de tratamento da artrite para que essa doença se torne menos dolorosa não comprometendo suas atividades diárias.

Quais os exercícios para artrite mais indicados para você?

Tal Método consiste numa excelente escolha para o tratamento de artrite, pois os exercícios são seguros e efetivos.

Quando o indivíduo estiver no pico da dor os exercícios serão mais direcionados aos de mobilidade articular, evitando sobrecarga evitando que os sintomas se intensifiquem. Conclui-se que a prática de atividade física tem um controle sobre a lesão articular e prevenção da perda dos movimentos auxiliando no tratamento da artrite. Os exercícios físicos são muito importantes no tratamento da artrite reumatoide e pode melhorar a aptidão aeróbia, a força muscular, a mobilidade articular, a aptidão motora e até o humor. Lidar com a fadiga, dor crônica e inflamação pode ser difícil, mas as atividades diárias podem ficar mais fáceis se você praticar certos exercícios. Exercícios de Pilates podem ajudar a reduzir a dor dentro das articulações (artrite), aumentar a amplitude de movimento e flexibilidade e melhorar a força global. Artrite refere-se a um grupo de mais de 100 doenças reumáticas e outras condições que causam dor, rigidez e inchaço dentro de uma articulação. Pilates é um método que é focado em exercícios delicados que enfatizam a conexão mente-corpo quando você esticar delicadamente e alongar seu corpo. É um exercício adequado para pessoas novas para exercitar a artrite, porque você pode ficar no seu próprio nível e não se preocupar em se manter com os outros. Manter a mobilidade das junções é importante e pode ser conseguido realizando exercícios de Pilates em uma base regular.

Artrite Reumatóide, Espondilite Anquilosante, Artrite Psoriática, Artrite Idiopática Juvenil Poliarticular e Psoríase em Placas

Qualquer instrutor de Pilates qualificado pode ajudá-lo através de uma rotina adequada para a sua doença particular e modificá-lo para ser mais eficaz para você.